Postado segunda-feira, 31 de março de 2014

Resenha da leitora: Effaclar Duo da La Roche Posay - Narla Rodrigues

A resenha de beauté de hoje é muito especial, tendo em vista que foi escrita por uma amiga, leitora e incentivadora do blog, a Narla Rodrigues. Ela testou o Effaclar Duo, da conceituada marca francesa La Roche Posay. A Narla, além de dar seu depoimento sobre o produto, demonstra o cuidado que temos que ter com nossa pele, pois ela realmente é nossa vestimenta mais importante.

A resenha da leitora é de vocês. Se você testou algum produto legal ou tem um look bem bonito e quer que apareça aqui, é só mandar email para mcfcl@hotmail.com, com a resenha, fotos e qualificação (nome, idade, profissão).


"Então, tô nervosa. Não sei nem por onde eu começo.Vou começar pela idéia da hidratação diária. Sempre tive a pele MUITO oleosa e nunca me dei bem com hidratantes faciais. E por conta da falta de hidratação (porque aprendi que pele oleosa também precisa de cuidados) meu rosto estava ficando super irregular, cheio de imperfeições. Principalmente naquele período antes da menstruação que brota espinha até do além rs.

E dias desses, a dermoconsultora da farmácia aonde trabalho me recomendou o Effaclar Duo. Um dermocosmético da La Roche Posay que prometia milagres.
 O que a La Roche diz sobre o produto: 
"Dupla ação: desobstrui os poros e corrige as imperfeições causadas pela acne, como relevo irregular, brilho,  e excesso de oleosidade.Textura: gel creme Matificante. Refrescante e não oleosa. "

O que eu achei: 
Um verdadeiro milagre da tecnologia rsrsrs De fato promete quase tudo o que cumpre. Comecei usando a noite (porque sempre tive um pouco de nervoso de passar qualquer creme no rosto durante o dia e suar). Após lavar o rosto com o sabonete específico para pele oleosa - O Dermotivin Salix - passava uma pequena quantidade do produto e entrava no ar- condicionado. Até que um dia faltou luz aqui em casa e não tinha ar para entrar. Foi aí que percebi os primeiros milagres: além de ser absorvido hiper rápido e de fato MATIFICAR o rosto, se você suar não ficar aquela coisa melequenta como outros hidratantes.Logo na primeira semana de uso contínuo a noite, minha pele já deu uma uniformizada e ficou com uma maciez que até o namorado notou (Ponto pro Effaclar). Com três semanas de uso contínuo a noite e duas semanas de uso contínuo pela manhã também, eu pude perceber que nasciam espinhas sim (poucas, mas nasciam), mais a cicatrização era numa velocidade exorbitante. Minha pele não ficava tão brilhosa (aquele brilho excessivo que parece que você enfiou o rosto numa frigideira cheia de óleo - Mais um ponto pro Effaclar). 

O preço é muy amigo para tudo o que ele promete e cumpre.Na Farmácia aonde eu trabalho - Na Drogaria Venâncio - ele sai por R$ 91,90. Mas depois que eu comprei, eu achei por um preço menor aqui em Nova Iguaçu. Por R$ 82,50. Então se bater perna, dá pra dar uma economizada legal.

Vale lembrar tbm,que o Effaclar não faz milagre sozinho. Parei de cutucar as espinhas (Até porque elas quase não aparecem), aumentei o fator de proteção solar diário e pasmem: burra velha, com quase 28 anos eu passei a usar demaquilante DIARIAMENTE. Sim, pq antes eu tinha preguiça de tirar a maquiagem, então as vezes dormia maquiada :( .
Bom é isso. essa é a minha opinião sobre o Effaclar Duo da La Roche Posay.
Beeeijos

NARLA RODRIGUES


Postado domingo, 30 de março de 2014

Back to 50´s


No início dos anos 1950, após um período forçado de racionamento de roupas nos Estados Unidos, provocado pela Segunda Guerra Mundial, onde as mulheres acabaram ingressando na força de trabalho, a feminilidade na moda foi resgatada após Dior lançar a coleção Corolle, chamada posteriormente de "New Look", termo empregado pela pela editora de revista americana Harper´s Bazzar, Carmel Snow, e que acabou sendo o sinônimo dessa linha de roupas desenhada tendo como referência o termo botânico "corola" para pétalas abertas.

Christian Dior seduziu as mulheres com vestidos de silhueta ampulheta, que marcavam bem a cinturinha e tinham saias amplas como verdadeiras pétalas de flores abertas.A silhueta curvilínea fez com que Dior alcançasse sucesso mundial e restabeleceu Paris como capital da moda, salvando a industria da haute-couture. 

Nos Estados Unidos as coleções  Sweetheart , com cintura marcada com cinto e saias em formato de sino,  eram usadas por divas cinematográficas como Elizabeth Taylor, e as figurinistas Edith Head e Helen Rose vestiam as estrelas. Aliás, o cinema de Hollywood nos anos 50 foi altamente divulgador da construção dos figurinos de divas como Rita Hayworth e Marilyn Monroe e na manutenção dos modelos femininos. Foram nos anos 50 que as estrelas atraíram o público, que as imitava no visual e no comportamento (fenômeno que acontece até hoje, não é?). A lenda do cinema mundial Grace Kelly, depois princesa de Mônaco era adepta dessa linha que traduzia feminilidade e virou símbolo da elegância sofisticada, inspirando até Kate Middleton em seu vestido de noiva.

Esses vestidos, que contavam ainda com corpetes com decotes coração, eram  usados também pelas adolescentes na ocasião do famoso e esperado Baile de Formatura, uma vez que as estudantes copiavam o estilo que viam nas revistas de moda Harper´s Bazzar e Vogue.





Tailleur Bar Dior



Trapeze de Yves Saint Laurent

estudantes dos anos 50 (fonte)

Grace Kelly 

fonte
Diversos estilistas nacionais e internacionais regularmente revisitam esta década tão maravilhosa e desenham peças releituras da época. A década está tão em alta que em outubro deste ano será lançado filme sobre a vida de Grace Kelly, estrelado pela diva Nicole Kidman. Como vocês podem ver, apostem na marcação da cintura, nas sais e vestidos midi, nessa silhueta tão feminina e delicada, que é sucesso atemporal. O resgate do passado é tendência contemporânea!

VINTAGE X RELEITURA
 A palavra "vintage" verdadeiramente quer dizer o ano em que o vinho ou o óleo foi engarrafado. Na moda significa que a peça é pertencente a outra época, lembrando que esta peça necessariamente tem que contar uma história, ser original, elaborada, mostrar que é única, revelar sua individualidade. Necessariamente nem tudo que é vintage tem que ser tão antigo. Peças diferenciadas dos anos 90 que possuem significado especial são consideradas vintage, por exemplo.

A palavra "releitura" se aplica às peças que se inspiram em outras épocas, mas não são confeccionadas nos dias de hoje, com técnicas e materiais contemporâneos. Funcionam como uma ilusão de novidade. As próprias marcas fazem releituras de suas peças antigas, até mesmo como uma estratégia de marketing, para mostrar sua tradição, qualidade e cultura, que valem o preço pago

Dior  SS 2013 (fonte)

Patrícia Motta verão 2014 (fonte)

Alexandre Herchcovitch inverno 2014 (fonte)

Colcci inverno 2014 (fonte)

Tufi Fuek inverno 2014 (fonte)


Dia desses elaborei meu visual tendo como base esse vestido que tem influência fifties, apesar de sua saia não ser godê. O vestido é de um tom vermelho bem bonito e seria ideal para animar o meu dia, tendo em vista que é uma cor quente, e de acordo com a psicologia das cores representa dinamismo e poder, justamente o que eu queria. Apesar de várias pessoas já acharem a combinação vermelho + pink "batida", é uma das minhas preferidas e quando vi a foto no instagram da Zhanna Bianca com um vestido rosa lindo e um trench coat e acessórios red, morri de amores e aumentou muito a minha vontade em usar essa mistura de cores. 

Usei o pink no cinto que deixou a cintura marcada estilo anos 50 e no cardigã que acabei nem usando posteriormente, pois o dia que parecia esfriar, esquentou (que pena!). O rosa também esteve presente no meu batom, pink noveau da MAC. Aliás, tenho que dizer que não adianta você estar com uma roupa legal, se a make e o cabelo não funcionam. O preto apareceu para "quebrar" um pouco a feminilidade e agregar mais peso (adoro fazer isso), por isso usei a bolsa saco que é hit da estação e a open boot de animal print. Eu sei que sou muito baixinha e que seria melhor usar sapatos cor da pele (nude, bronze, cores puxando para o dourado), que me alongam, mas não ficaria legal no resultado final desse look que eu queria. 

O bom é que o vestido é evasè e fica muito bem em pessoas do corpo triângulo como eu (mas as saias e vestidos godê não ficam). As saias evasè também podem ser usadas por pessoas de silhueta ampulheta (corpo violão, seios e quadris proporcionais e cintura fina), retângulo (medidas iguais), triângulo invertido (medidas do ombro e costas maiores que quadril) e oval (medida dos ombros menor que cintura e quadril), desde que nesse último caso seja um evasê sutil. Como se vê, o evasè é democrático.



Postado sexta-feira, 28 de março de 2014

Parceria FARM + ADIDAS



No último final de semana aconteceu um evento bem bacana no Baixo Gávea, aqui no Rio. A Farm, marca carioca que só tem coisa linda, se uniu a Adidas e da parceria surgiram peças lindas, bem estampadas seguindo o inconfundível estilo Farm, mas com shape esportivo.


fonte

fonte

fonte

fonte


fonte

fonte


Fui no domingo com amigos e foi super agradável. Como as estampas-base da coleção são tucanos, abacaxis e flores, o espaço usado pelo evento foi decorado como se fosse uma verdadeira feira, com barracas, muitas flores, luminárias de abacaxis espalhadas e mini tucanos na árvore. Havia exposição e venda da coleção, além de barracas de pizza, cupcake e venda de caipilé. O espaço contava também com um pula pula em formato de abacaxi para as crianças e uma foto-cabine. O único ponto negativo é que não tinha provador e uma das peças que comprei, achando que ficaria legal no corpo, verifiquei em casa estar larga, mas já mandei ajustar, então tudo bem.

Essa coleção está sendo vendida nas lojas Farm, assim como nas lojas da Adidas e também podem ser comprada pela internet nos sites das marcas. Os preços variam de 70 e poucos a 500 reais. Corre no e-farm e dá uma olhada!

a bata que funcionou como vestido é Farm



Com o stylist e visual merchandising Paulo Hudson, o multimedia artist Caio Braz e a fotógrafa Monique Ranauro
e tudo acaba em pizza e vinho!!

Passarela artística

Uma das tendências que mais tenho me identificado é a Artsy , até porque, como o próprio nome denuncia, remete  ao universo artístico que tanto sou apaixonada. Esta tendência, que é facilmente visualizada em desfiles, revistas, sites e tantos veículos informativos de moda, vista também no street style urbano e contemporâneo, provoca o aparecimento das obras de arte, clássicas ou modernas, geométricas urbanas ou pop art, de grafismos, esculturas e fotografias em roupas, acessórios, sapatos e até na make, tornando a rua uma verdadeira passarela viva da arte. 


Prada, Cèline, Chanel

Dior, Jean-Charles de Castelbajac, Giles e Ground Zero

Chanel (a fonte das fotos está aqui)
Reparem que a minha camisa parece ter sido pincelada com as cores de um quadro, uma pintura. São pinceladas pequenas e coloridas, bem delicadas. No dia estava muito calor e eu teria que sair rápido para pegar minha bolsa no shopping. Coloquei o shorts jeans visando conforto, usei essa bolsa box dourada  (que me conduz àquelas bolsas que o artista leva seus pincéis) e essa sandália nude com transparências (que alonga, muito importante no meu caso) e de desenho geométrico.  Obviamente eu poderia ter colocado uma sandália rasteira bonita, mais confortável até para um passeio no shopping, mas sou muito pequena e tenho um problema com sandálias sem salto que, por incrível que pareça, fazem meu pé doer.A camisa ficou soltinha e compridinha, cobrindo o glúteo, caso contrário traria uma vulgaridade que não é o que queremos, certo?



Postado segunda-feira, 17 de março de 2014

Sobrancelhas sem falhas


Oi dhyvas! Tudo bem?

Minhas sobrancelhas (não é SOMbrancelha heim, é SObrancelha, cuidado por favor, vejo muita gente falando assim!!), sempre foram horrorosas, sem forma e falhadas, por isso sempre busquei produtos que melhorassem seu visual. 

Já publiquei dois posts aqui no blog, com produtos que uso ou usava na sobrancelha e cá estou novamente, com mais uma indicação super barata (na faixa de dez, doze reais) e válida: o lápis de sobrancelha cor universal VULT. Já ouviram falar ou já usaram? Quem conhece sabe como é eficiente e com um precinho que nos arranca sorrisos, não é verdade?

Quem me indicou foi a moça que faz a minha sobrancelha (obrigada Adrianne Landucci pela indicação dela!) e lá fui eu comprar o tal lápis que vende em qualquer farmácia, pelo menos aqui em Nova Iguaçu. Eu amo demais aquele da MAC que eu indiquei aqui, mas ele é carinho se comprado aqui no Brasil e sua durabilidade (não estou falando de fixação na pele) não é legal (lembrando que eu uso todos os dias, ou seja, acaba rápido). Esse da VULT veio para melhorar a minha vida e meu bolso. Ele é perfeito! A cor se adapta muito bem a cor da minha sobrancelha, lembrando que deve se adaptar a outras também, até porque sua cor, segundo o produto, é universal, a fixação é ótima e a durabilidade também. É um lápis, você só vai precisar de um apontador (no O Boticário vende, o meu é de lá) para sempre ficar legal. Não deixa a sobrancelha "grosseira" e preenche muito bem as falhas.




1- Primeiro eu penteio a sobrancelha com esse pentinho próprio (se você não tiver, vale pentear com uma escova de dentes velha, é ótimo também).

2- Em seguida preencho as falhas com o lápis da VULT.

3- Finalizo com esse gelzinho para sobrancelhas que tem uma cor bem sutil, o Speed Brown da BENEFIT. Uma amiga que indicou e gostei, mas sinceramente ainda prefiro aquele gel da MAC, o brow set cor clear que indiquei aqui. O gel ajuda a fixar os pelinhos no lugar. Uma opção mais acessível é passar rímel incolor, mas já me disseram que enfraquece as sobrancelhas. Bom, eu já usei muito rímel incolor nas sobrancelhas e nunca senti enfraquecimento, enfim.
Vocês estão vendo como ele preenche, mas de forma sutil? Não fica aquela sobrancelha marcadona, a não ser que você queira e aumente a intensidade na hora de passar. Eu prefiro mais sutil mesmo, mais natural.

Espero que a dica seja proveitosa! Beijos! ;)


Postado sexta-feira, 14 de março de 2014

Oreo feelings

Outro dia usei esse macacão da Afghan e gostei muito do resultado. Ele é bicolor, preto atrás e branco na frente,com recortes sutis na região da cintura. Acho elegantíssimo e alonga, além do fato de que o jogo de recortes é super atual. Já tinha comprado há um tempo, mas mesmo ele sendo tamanho "P", estava bem gigante em mim. A costureira teve que ajustar todo, demorou, mas valeu a pena, porque eu amo, amo, amo. Por isso você sempre tem que ter uma costureira para essas horas de ajustes e afins. É necessário!! Quis continuar no preto e branco e, mesmo sendo bem elegante o macacão, ele tem uma vibe sporty, o que me fez usar a minha bolsa preta da Lacoste

Ah! O título da postagem é em homenagem engraçada ao biscoito Oreo (parte preta e parte branca), que eu amo e ainda bem que está vendendo aqui no Brasil! 

Postado quinta-feira, 13 de março de 2014

AREZZO MOB PARTY3



Oi gente!! Tudo bem?

Na última quarta-feira, 12 de março do corrente, aconteceu a AREZZO MOB PARTY 3, que lançou a coleção outono-inverno da marca em todo o Brasil e eu fiquei muito feliz em ser convidada pela Leandra e pela Bruna, respectivamente dona e gerente da loja aqui do Top Shopping, em Nova Iguaçu, para cobrir o evento, junto com a minha amiga linda e também blogueira, Laíza Pires.

Preciso dizer que foi super animado? Esse evento possibilita às clientes conhecerem as novidades da coleção, enquanto são mimadas com petiscos, música boa e atrações, como serem maquiadas por uma make up artist da Mary Kay, o que foi o caso da Arezzo daqui. Além disso, foram agraciadas ao final com uma garrafinha de água fofa e um brownie delicioso.

Fotografei momentos gostosos e produtos incríveis dessa atual coleção. Prontas para atualizarem o look? Vamos lá!




Como vocês podem ver, é muito amor junto né gente? haha A nova coleção tem muita franja, para um visual mais boho (eu eu amo particularmente), sandálias de couro rústico, salto tratorado (aposte!!), placas metalizadas que atualizam imediatamente o look (must have),sapatilhas clássicas, cut boots, animal print (que já virou um clássico, toda mulher tem que ter), sandálias com salto bloco e recorte geométrico, shopping bags, bolsas saco (trend), bolsas com shape mais estruturado...é MUITA coisa bonita e que se adequa ao estilo de cada uma de nós perfeitamente!
Clientes e vendedoras satisfeitas

Make da Mary Kay com essas profissionais lindas e talentosas. O contato é: Cimeri de Oliveira (21 88970425; 81748583;  73732051 e 27923285)

MEU LOOK

O look é simples, saia + camisa + salto, mas vamos à explicação. Eu teria que trabalhar e de lá ir para o evento. Queria estrear essa saia maravilhosa da Farm, que é midi (o que à princípio não me favoreceria, tendo em vista a minha baixa estatura) e tem uma estampa linda de rosas. O tecido da saia é mais legal ainda. É meio que um tweedzinhho, sabe? E a barra dela é meio desfiada. A camisa branca é sempre curinga, clássica, elegante e eu adoro camisas com saias. Como a saia é midi, o que daria a sensação de me "encurtar", coloquei essa sandália linda da coleção nova que mais parece uma extensão da minha pele, ou seja, equilibra as proporções e ajuda a me alongar. O batom vermelho é sempre minha paixão. O da vez foi o ruby woo da MAC, velho conhecido de vocês, acredito. E aí? Aprovada?
Camisa HERING - Saia midi FARM - Sandália AREZZO - Batom Ruby Woo MAC



Nova aquisição! Bolsa saco, super trend e vou usar muuuito!


UM POUCO MAIS DO QUE ROLOU
Eu e minha amiga linda e blogueira Laíza Pires

Eu e a linda da Leandra, dona da Arezzo do Top Shopping, em Nova Iguaçu.

Eu e Bruna, linda e uma gerente super fofa!!

Eu e Laíza entre os talentosos jornalistas Marcia Villanova e Ewerton Barsan.

A gente com nossa vendedora preferida, Leny.


Até a próxima AREZZO MOB PARTY!! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...