Postado quinta-feira, 3 de abril de 2014

O verão 2015 de Fause Haten, Ronaldo Fraga, Paula Raia, Glória coelho, Lilly Sarti, Colcci e Água de coco

A arte realmente influencia a moda. E digo arte em geral: pintura, escultura, música, dança, poesia e por aí vai. E às vezes ela chega a um nível em que se mistura de tal forma a conferir ainda mais graça a esse mundo fashion, que é um verdadeiro teatro. Montações, circo de vaidades, marketing pessoal, é isso que estamos vivendo. A necessidade de cada vez mais mostrar e ser mostrado, ver e ser visto, aprovar e ser aprovado. É tudo uma grande peça teatral. E é nesse sentido que Fause Haten idealizou e concretizou seu desfile de verão 2015 no SPFW

O estilista fará sua estréia como ator profissional na peça "A feia Lulu", no Teatro da Faap e, aproveitando esta situação, decorou a passarela com parte do cenário da sua peça e vestiu modelos que se encontravam de lingerie nessa mesma passarela com todos olhando. A performance teatral tem aquele significado de "vem, que eu te visto como rainha". De fato, isso aconteceu. As modelos seminuas foram por ele vestidas na frente de todos, com saias volumosas, ricas estampas e maxi acessórios que lembravam realeza e até santidade (vide os adereços nas mãos que mais pareciam terços). Definitivamente maçante não é a palavra melhor a descrever a performance do "artista". 

Também da arte se utilizou, embora menos performático, o estilista Ronaldo Fraga, cuja inspiração, Cândido Portinari, artista plástico brasileiro, tornou possível a visualização de roupas com desenhos do artista nos bordados soltos ou nos estampados em forma geométrica (com muitos losangos). Vestidos de crochê artesanal, cor azul e cenas de Portinari fizeram um desfile bonito e correto com o meio ambiente, já que foi usado na confecção de roupas o novo fio Amni biodegradável.

A art noveau foi inspiração de Adriana Degreas, assim como oas mulheres de Helmut Newton e as ilustrações de Walter Crane. A lycra cortada a laser imitando renda, aplicada com tule com desenhos retirados de pedaços de estampas de dois cisnes é de babar. Muita sensualidade, transparência, cavas altas, tudo para reforçar a imagem da mulher forte, líder, criativa, e, claro, feminina.

A definição de mulher forte, líder e criativa também se encaixa no perfil da mulher de aldeia, que trabalha na cestaria com os filhos, sempre na natureza. É aquela mulher "pé no chão". A cartela de cores bem claras (off white, cru) dá o efeito delicado e também sofisticado às peças de Paula Raia, cujos vestidos em camadas duplas e triplas evidenciam amor e íntimos valores.

Saindo um pouco da esfera "pé no chão", a fantasia toma o lugar e criaturas mágicas, armaduras e alfaiataria medieval entram na história. São vestidos chiques e democráticos, e, por que não dizer, mágicos? A passarela é só brilho. Couro com placas de paetê aplicados como parafusos, cristais swarovski no tule, tubinhos de malha que vestem todos os corpos e idades, alfaiataria muito bem feita e construída. Este é o verão 2015 de Glória Coelho.

Mágica também é a coleção da Lilly Sarti, mas no sentido de encantar as meninas com suas roupas inspiradas no horóscopo chinês. Esse é o ano do cavalo, e, portanto, o pocotó dita que ferraduras, jaquetas de chamois, franjas à la Velho Oeste e índios apaches norte americanos nas calças jeans flare serão a fórmula do sucesso no verão 2015. As cavaleiras sexys agradecem a estréia da marca no line up.

A Colcci apresentou um verão 2015 fresco e divertido, com inspiração tropical, ou seja, são cores vibrantes de um lado, mais amenas de outro e saias midi mesmo para o público jovem que já virou adepto, parece. Mas o mais impressionante é a grande sacada de marketing da marca, trazendo La Bundchen para desfilar e o marido da top, para apreciar sua desenvoltura. Pronto. Está armada a guerra da imprensa, dos famosos e pseudo-famosos para um lugar ao sol no desfile da Colcci.

Liana Thomaz, da Água de coco, aborda também o lado tropical, mas marítimo, com uma coleção toda inspirada no fundo do mar. Mas não pense que a coleção é toda estampada de peixinhos, porque passa longe disso.


Fase Haten

Ronaldo Fraga

Paula Raia

Glória Coelho

Lilly Sarti

Colcci

Adriana Degreas

Água de coco por Liana Thomaz

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...