Postado quarta-feira, 2 de abril de 2014

SPFW verão 2015: primeiras impressões

O SPFW iniciou a atualização do nosso closet para o verão 2015Uma onda futurista parece querer nos levar a um mood viciante de metalizados, holográficos e materiais plastificados que tornam o próximo verão super cool. É o caso da coleção apresentada por Tufi Duek, que contou até com tules holográficos desenvolvidos na Suíça. O estilista se inspirou nas piscinas icônicas e nos balneários dos anos 60 e 70, sem, contudo, perder a construção futurista.

O futuro sempre remeteu ao espaço. Será que gostaríamos de viver como as personagens do antigo desenho "os jetsons" ? Aquele achismo, a idéia que existia sobre o futuro estará tentando se firmar ao menos no que nos veste? O que se sabe é que pensando no espaço, o talentoso Vitorino Campos apresentou uma coleção inspirada nos buracos negros siderais; Giuliana Romano investiu no metalizado e na alfaiataria light, sexy e cool e Pat Pat' s, de Andrea Viera, apostou também no metalizado, desta vez no couro, em formas vazadas, minimalistas e de linhas esportivas e ao mesmo tempo glamourosas.

Em oposição a essa inegável e robusta onda futurista, Herchcovitch apresentou coleção inspirada na eterna diva Marilyn Monroe, com peças-desejo que exalam elegância, dotadas até mesmo de certa dose de surrealismo ( é só ver os enormes laços de algumas peças). O estilista exalta a feminilidade, colaborando com saias lápis em tamanho midi, coats releitura dos anos 50 e 60, casaquetos cropped e calças cigarretes.

A onda retrô atingiu também a coleção de silhueta ladylike, com cintura marcada e saia ampla, de Patrícia Motta, que sabe como ninguém fazer com que o couro tenha aparência de suave e seja alegre e hiper desejável, mesmo no verão.

Falando em alegria, essa é a palavra que bem descreve o verão 2015 da Triton, inspirado no vilarejo de Positano, na Costa Amalfitana. É uma temporada fresh, cool e divertida, com uma cartela de cores ( rosa, pêssego, ouro, laranja, caqui, prata, azul) hiper desejável e globalizada.

Saindo da esfera global, a Animale preferiu apostar nas riquezas nacionais e se inspirou nos bordados e rendas do norte e nordeste brasileiros, resultando em uma cartela de tons terrosos, capazes de seduzir o consumidor e o admirador da marca.

A Cavalera não apresentou grandes surpresas, mas, certamente, seus kaftans franjados e o vestido boho floral com transparências são objeto de bem querer, assim como as peças de seda da marca Uma , que de longe passam a impressão de serem peças jeans.


Nota-se que este será o verão dos metalizados, das transparências, da fluidez cool e divertida. É o verão dos encontros do passado e futuro, elegante, mas vibrante, despojado, mas sem perder o tom sexy que a brasileira tanto gosta. 

Que venham os próximos desfiles!

Tufi Duek

Vitorino Campos

Vitorino Campos


Herchcovitch

Herchcovitch


Pat Pat´s

Pat Pat´s



Patrícia Motta



Animale

Animale

Triton

UMA de Raquel Davidowicz

Giuliana Romano

Giuliana Romano

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...